Selecione uma localidade

Conheça o novo drone da DJI, o Mavic Mini, drone ultraleve que não precisa de registro.

Conheça o novo drone da DJI, o Mavic Mini, drone ultraleve que não precisa de registro.
nov
04
Seg

DJI lança lançou nesta quarta (30) o Mavic Mini, seu menor e mais leve drone, com apenas 249 gramas. Portátil, fácil de controlar e dobrável, a novidade da empresa não precisa de registro na Federal Aviation Administration (FAA), que regulamenta a aviação civil nos Estados Unidos.

Todas essas possibilidades fazem do Mavic Mini um drone mais simples e perfeito para iniciantes, inclusive no preço. O valor do drone é de US$ 399 (R$ 1.590). E com o combo de acessórios, tudo sai por US$ 499 (R$ 1.990).

Em uma comparação, o Mini é pequeno o suficiente para caber na palma da sua mão, com dimensões equivalentes às de um smartphone. Bem diferente dos outros modelos da marca, sendo inclusive mais leve que o Mavic Air, que pesa 430 gramas.

Com uma câmera de alta qualidade, o Mavic Mini captura imagens em alta definição, e com o novo conjunto de recursos criativos do seu aplicativo DJI Fly, transforma os conteúdos registrados em fotos e vídeos profissionais.

O tempo de voo do Mavic Mini é estimado em 30 minutos, e a resolução de gravação atinge 2,7 K. No entanto, a linha atual de drones da empresa grava em 4K, e a resolução menor deve ser uma tentativa de impedir o Mavic Mini de canibalizar as vendas de drones Mavic Air ou Mavic Pro, opções mais profissionais da marca.

Sobre o novo produto, Roger Luo, Presidente da DJI, diz que esse modelo foi um dos projetos mais desfiadores desenvolvidos pela empresa, principalmente pela sua facilidade de uso. “Destilar recursos de primeira linha em um drone que cabe na palma da sua mão é a culminação de anos de trabalho — e nós estamos empolgados por trazer uma nova classe de drones”, afirma em comunicado.

Dentro da categoria segura de drones, o Mavic Mini traz a conhecida tecnologia de segurança da DJI, incluindo delimitação geográfica para ajudar os pilotos de drones a evitar áreas restritas; identificação remota AeroScope para ajudar a proteger locais reservados; limites de altitude incorporados; e retorno automático ao ponto de partida, caso o drone perca a conexão com o controlador ou atinja um nível de bateria criticamente baixo.

Acompanhando o drone, o aplicativo DJI Fly tem um design intuitivo e simplifica a experiência de captura de conteúdo e de voo para que pilotos de todos os níveis possam aproveitar o produto, como tutorias e modelos de gravação pré-definidos.

Estão disponíveis também modos de voo pré-programados, conhecidos como QuickShots. É como o modo Foguete (Rocket), onde o drone voa direto para o céu com a câmera apontada para baixo, seguindo seu alvo. Outro exemplo é o modo Hélice (Helix), em que o Mavic Mini voa para cima e para longe, em espiral, ao redor do seu alvo.
 

Além disso, a DJI complementa o produto com uma seleção de acessórios inclusos no kit completo para auxiliar durante os voos, como protetores de hélice 360° e também bolsa para viagem e hub de carregamento. [The Verge]

 

 

 

Faça o download do nosso aplicativo